Atendimento: (11) 3333-1303

22/09/2017 - A economia manda bom dia: menos imposto para pequena empresa e crédito mais bara


E mais: STJ nega pedido de Lula contra Moro, Diários Secretos, Natal em Curitiba e a nova atração de Reinaldo Bessa

 

Hoje nossa conversa não começa com política nem com notícia ruim (ok, eu sei, muitas vezes os dois são sinônimos). A economia tem se tornado uma fonte cada vez mais constante de boas notícias.

Se você tem um pequeno negócio, prepare o coração: é grande a chance de pagar menos impostos em 2018. A mudança no Simples Nacional redefinirá faixas e trará um alívio no bolso daquelas com faturamento baixo. Naiady Piva explica as mudanças.

Para o consumidor, a queda contínua da inflação começa a desencadear um ciclo virtuoso. O IPCA -15 de setembro - 0,11% - foi o menor em 11 anos. Inflação baixa é condição necessária para a taxa de juros continuar caindo, o que leva a crédito mais abundante, estímulo de consumo e, por fim, mais emprego, como explica Ricardo Amorim.

Para nem todo mundo são confortáveis os movimentos necessários para por a economia no lugar. Entidades empresariais têm criticado duramente a redução de aportes pelo BNDES e perguntam: quem vai financiar a infraestrutura e a retomada da indústria? Rodrigo Constantino tem uma resposta.

Para muitos brasileiros, a melhor saída para o país continua sendo o aeroporto. O Canadá é o destino da vez para fazer uma vida nova no exterior. No podcast Vida Financeira e Emprego, a editora Cintia Junges recebe a consultora Celina Hui para falar sobre as qualificações necessárias para conseguir trabalho no Canadá.

Please, don't take my sunshine away

O governo federal estuda encerrar o horário de verão por causar impacto zero na economia de energia elétrica, motivo da sua criação. Ok, mas a conta de energia ficará mais cara sem a hora extra de luz solar?

O tempo passa, o tempo voa

O horário de verão é herança dos anos 1980. O mesmo vale para ação de poupadores que tiveram perdas na poupança com os planos Bresser, Verão e Collor. O caso está no STJ, com voto favorável do relator aos poupadores. A estimativa é que a soma das indenizações ultrapasse os R$ 18 bilhões.

Livre concorrência?

O termo acima não faz parte do vocabulário padrão do político brasileiro, especialmente quando se trata de definir as regras eleitorais. O editorial da Gazeta do Povo joga luz sobre um contrabando enfiado na reforma política, que dificulta a filiação de novos nomes a tempo de concorrer em 2018. E escancara um janelão para convenientes migrações de partido.

A consequência é uma redução drástica nas chances de renovação na política. O eleitor será, mais uma vez, chamado para escolher entre os mesmos.

E tem mais. Givaldo Carimão (PHS-AL) propõe que 50% do fundo eleitoral seja repartido entre candidatos à reeleição. Na lógica do deputado, foram os eleitos que garantiram o dinheiro do fundo.

Negado

O juiz Felix Fishcer, do STJ, negou o pedido de suspeição contra Sergio Moro, feito pelos advogados de Lula.

Uma nova Lava Jato

A Justiça Federal do Paraná aceitou pedido do MPF e transformou em réu 34 pessoas acusadas de integrar cinco núcleos criminosos de lavagem de dinheiro, dentro da Operação Hammer-on. Os réus atuavam em Curitiba e Foz do Iguaçu e desviaram cerca de R$ 2,5 bilhões, usando postos de gasolina e churrascarias para mascarar o envio de recursos ao exterior.

Bem-vindo

Michel Temer está de volta da viagem aos Estados Unidos. As “boas-vindas” foram dadas com o envio formal à Câmara da segunda denúncia contra ele, despachada pela STF.

Surpresa e alegria

O MP-PR ficou surpreso com a subida dos processos da Operação Publicano para o STJ. O promotor de Justiça Jorge Barreto diz que as ações ficarão suspensas até haver uma definição final sobre a esfera do caso.

Beto Richa, o motivo da subida ao STJ, não apenas comemorou, como criticou o Ministério Público local. Ele definiu a investigação da Publicano como "farra" e "carnaval".

Outro motivo de comemoração para Richa é o aumento da sua aprovação: 37,8%, melhor índice em dois anos, segundo levantamento da Paraná Pesquisas anterior à delação de Eduardo Lopes da Souza, dono da Construtora Valor.

Devolva-nos

Maurício Fanini e a TS Construtora foram condenados pelo Tribunal de Contas do Paraná a devolver R$ 103,7 mil aos cofres do estado. É uma devolução por fraude em obras de escolas estaduais, foco da Operação Quadro Negro.

Revisada. Pra cima

Havia o temor de que a 2ª Câmara Criminal do TJ-PR anulasse parte das provas que condenaram José Ary Nassif e Cláudio Marques da Silva, ex-diretores da Assembleia Legislativa, no caso dos Diários Secretos. Isso não aconteceu. E os dois ainda tiveram suas penas de prisão aumentadas. A decisão não foi unânime, o que permite recurso na 1ª Câmara Criminal.

Ideologia de gênero

Ricardo Prado entrevista Marcelo Ribeiro, médico há dez anos radicado nos Estados Unidos que desmonta do ponto de vista científico a crescente tentativa de tratar sexo e gênero como sinônimos.

Sexo é estabelecido, é a biologia. Gênero é construção política.

Que tal ouvir as mulheres?

A proposta de incluir na Constituição a defesa da vida desde a concepção alvoroçou ícones da esquerda brasileira, em regra favorável ao aborto. Alexandre Borges tem uma sugestão: ouvir de verdade as mulheres, a maioria delas.

Virada

Reviravolta na discussão sobre a manutenção do ensino religioso confessional nas escolas públicas. Ontem, três ministros do STF votaram para que o ensino religioso siga sendo permitido. Com isso, o placar geral é de 5 a 3 contra a proposta da PGR, de relegar o ensino das religiões ao ponto de vista filosófico ou sociológico.

Como um republicano

A esquerda norte-americana abominou o discurso de Donald Trump na ONU. Marc. E. Thiessen, ex-redator dos discursos de George W. Bush, explica o motivo: Trump apresentou uma visão claramente conservadora para uma liderança global americana baseada no princípio da soberania nacional.

Copo meio cheio. Com mais gelo

A WWF anunciou com alarde que o nível de gelo no ártico é o oitavo menor da história, prova inconteste de um agressivo aquecimento global. Leandro Narloch traz outro olhar para o mesmo número: a calota polar cresceu o equivalente a uma Espanha no último ano.

 

Autor: Leonardo Mendes Júnior

Link: http://www.gazetadopovo.com.br/opiniao/bom-dia/a-economia-manda-bom-dia-menos-imposto-para-pequena-empresa-e-credito-mais-barato-para-voce-9u77opllt6ksx5ry8ezouaayc

Fonte: Gazeta do Povo

voltar
 
Hashimoto & Augusto
Copyright © 2014 E-HASA Certificação Digital . Todos os direitos reservados