Atendimento: (11) 3333-1303

29/09/2017 - Empregos estão em vendas, marketing, TI, saúde e finanças


Professora da IBE-FGV analisa os motivos

 

De acordo com pesquisa feita pela Michael Page, empresa global de recrutamento, os setores de vendas, TI, marketing, farma/saúde e finanças estão entre os que mais contrataram no primeiro semestre de 2017.

Conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em junho deste ano o Brasil registrou 13,5 milhões de desempregados. O resultado foi um pouco melhor do que os 13,8 milhões registrados em maio.

Coach de carreira e professora de gestão de pessoas da IBE-FGV, Ligia Molina, acredita que o mercado de trabalho está reagindo, embora timidamente, à economia.

Segundo ela, o resultado positivo de algumas funções é que o brasileiro teve que se reinventar assim como mercado, devido à crise econômica. “Tem várias profissões surfando na onda do momento, aproveitando aquilo que elas sabem e inovando para atender a demanda. Muitas profissões hoje são uma releitura do que eram antigamente”, diz.

É o caso de funções ligadas à cozinha, de acordo com ela. “Agora é a vez dos chefs, comida gourmet, food trucks. Isso prova que tudo está evoluindo e o brasileiro tem uma incrível capacidade de se adaptar”, comenta.

Em outros casos, a demanda cresceu e foi preciso contratar mais rápido, também por causa da inovação e transformação do mercado, como o setor de tecnologia.

Veja onde estão estavam as principais vagas do 1º semestre

Vendas

Cargo: Head of Sales – Gerente comercial

Área de atuação: Tecnologia - cybersecurity

Mercado em franca expansão devido a carência no Brasil desse tipo de segurança.

Cargo: Gerente comercial/ gerente de novos negócios/ business development manager

Área de atuação: Indstria química

Retomada da indústria e investimento das empresas nas áreas de negócios/frente comercial.

Marketing

Cargo: Gerente de marketing de performance

Área de atuação: Tecnologia e serviços em geral

Mercado de digital em crescimento com abandono do modelo tradicional de marketing.

TI

Cargo: Head de BI e Big Data

Cada vez mais serão imprescindíveis para a competitividade das empresas, e já são requisitados em tomadas de decisões, sobretudo para encontrar informações qualitativas, métricas, indicadores e as variáveis de risco ao negócio.

Cargo: Cientista de dados

As empresas estão desenvolvendo suas áreas de inteligência de mercado, CRM / DBM, análise de dados estruturados e não estruturados. Isso mostra a consolidação da área digital e tecnologia atuando diretamente no negócio das empresas.

Farma/ Saúde

Cargo: Gerente comercial – promoção a saúde

Mercado de saúde em fase de profissionalização, com a entrada de investimento no setor, fundos de investimentos se interessando cada vez mais pelo segmento, e abertura de capital para investimento ou venda possibilita estas mudanças. E a busca de qualidade de vida e redução de custos corporativos, são fatores importantes para esta tomada de decisão.

Cargo: Diretor/gerente geral – hospital e clínicas

Oxigenação pós crise e melhoria de qualidade, são os principais motivos. O aumento da profissionalização no setor e da redução de custos no mercado possibilitou aumento de concorrência. O cliente está mais exigente em relação a qualidade.

Cargo: Gerente de acesso

Interesse das indústrias de penetração e estabelecimento no mercado (tanto o público como também o privado).

Cargo: MSL (Medical Science Liaison)

O profissional tem uma participação grande no desenvolvimento e introdução de novos produtos ao mercado.

Serviços Financeiros

Cargo: Gestor de marketing digital

Mercado de serviços financeiros está se “digitalizando”, o que justifica o crescimento das “Fintechs”. O consumidor está cada vez mais habituado com as ferramentas de tecnologia e com uma experiência de consumo mais inovadora.

 

Autor(a): Renata Rosa

Fonte: A Autora

voltar
 
Hashimoto & Augusto
Copyright © 2014 E-HASA Certificação Digital . Todos os direitos reservados