Atendimento: (11) 3333-1303

09/10/2017 - Veja seis dicas para aumentar a restituição do Imposto de Renda


Rascunhos, documentação com saúde e educação e previdência privada: confira seis ações que possibilitam o aumento da restituição de IR para 2018

A Receita Federal abriu nesta segunda-feira (9) a consulta a o quinto lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) deste ano.  O lote abrange mais de 2,3 milhões de contribuintes, com a liberação de R$ 2,8 bilhões, além de liberar  R$ 3 bilhões da restituição residual dos exercícios de 2008 a 2016, para mais de 2,4 milhões de pessoas. Entretanto, muitos contribuintes não concordam com o valor, uma vez que acreditavam que a quantia a ser recebida seria maior, devido aos altos impostos e os custos com saúde e educação.

Com isso, muitos colocam em prática algumas técnicas para ganhar mais dinheiro de restituição do Imposto de Renda . O diretor tributário da Confirp Consultoria Contábil, Welinton Mota, expõe que em grande parte dos casos o ganho com a restituição só não é maior por se limitar aos meses de março e abril. Assim, é preciso que o contribuinte comece a pensar no imposto que paga com antecedência, para que as preocupações acerca dos erros sejam reduzidas, possibilitando a recuperação da quantia.

“É preciso já ir pensando em como aumentar os valores a serem recebidos em 2018. Alguns investimentos que podem ser utilizados a favor do contribuinte em relação ao imposto são doações que podem ser abatidas. Mas é importante ter em mente que depois que acabar o ano nada mais pode ser feito. A tão falada cultura do brasileiro de deixar o IR para última hora tem reflexo em erros que podem levar a malha fina e também a diminuição da restituição”, afirma Mota.

Ações como guardar todos os comprovantes de gastos com educação e saúde e até mesmo a realização de previdência privada podem ajudar nesse aumento. Confira mais dicas listadas pelo diretor tributário que podem gerar um valor mais acentuado de restituição:

Rascunho 

Preencher corretamente o rascunho do Imposto de Renda é uma forma viável de garantir a restituição e até mesmo potencializar o valor. Isso pode ser feito pelo aplicativo da Receita Federal de rascunho do IR, parte do app IRPF, disponível para microcomputadores e dispositivos móveis, como smartphone e tablets.

“Essa novidade reforça o que sempre informamos aos nossos clientes, de que a declaração não deve ser feita apenas quando abre o período de entrega, mas sim durante todo ano, já possibilitando que se tenha uma prévia de qual melhor tipo de declaração a ser enviada e dos dados a serem inseridos, o que ainda evita os riscos da cair na malha fina”, explica.

Previdência Privada

Para aqueles que estimam abater plano de previdência privada, é necessário saber que isso só pode ocorrer no modelo PGBL, em um limite de 12% do valor tributável total, antes de qualquer dedução. Vale mencionar que essa é uma prática dedutível também para quem já contribuiu para os sistemas previdenciários oficiais, como trabalhador do setor privado, autônomo ou funcionário público.

Documentos

Para garantir a restituição é importante guardar documentos referentes a despesas médicas, odontológicas, instruções, pensões alimentícias e judiciais. Além disso, é fundamental não repassar informações nessas áreas que não estejam em conformidade com a realidade. “O Fisco está fechando o cerco às informações irregulares a partir de evoluções tecnológicas e cruzamento de informações, tudo o que for declarado deve ser comprovado adequadamente”, ressalta.

Empregados domésticos

Quando há empregados domésticos prestando serviços na residência do contribuinte, o ideal é registrá-los, sendo possível lançar os valores pagos ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Assim, o valor pode ser destinado ao imposto a ser pago. Em casos de mais de um trabalhador e mais de um membro da família que declare, é recomendável a execução de um registro em nome de cada cônjuge, para que o valor seja abatido em cada declaração.

Preocupação com dependentes

Muitas vezes não se pensa que pai e mãe, dentre outros casos, podem ser dependentes, o que pode abater as despesas com assistência médica. Entretanto, é preciso avaliar previamente os rendimentos deles e somá-los com sua declaração, o que aumentará a sua faixa de tributação. Desse modo, busque avaliar se a soma dos abatimentos é superior ao imposto gerado em detrimento do acréscimo aos seus rendimentos.

Doações

Doações podem ser um meio de direcionar o dinheiro que paga ao Governo para ações que beneficiem a comunidade. Porém, elas são válidas apenas para quem faz a declaração completa do Imposto de Renda. O limite é de 6% do IR, destinado aos fundos de direitos da criança e do adolescente, as doações e aos patrocínios para projetos vistos como incentivo a atividades culturais , artísticas e audiovisuais.


Link: http://economia.ig.com.br/2017-10-09/imposto-de-renda.html

Fonte: Economia - iG

voltar
 
Hashimoto & Augusto
Copyright © 2014 E-HASA Certificação Digital . Todos os direitos reservados