Atendimento: (11) 3333-1303

09/10/2017 - Relacionamento & Finanças: como um casal de contadores lida


Os estudantes Selma e Lucas** começaram a namorar quando ambos atingiram a maioridade. Foi amor à primeira vista. Passados quatro anos, quando já estavam formados em Ciências Contábeis e trabalhando na área, decidiram se casar e ser felizes para sempre. Eu li “felizes para sempre”? Logo de cara, o jovem casal de contadores aprendeu que casar não se resume apenas em ser feliz; também consiste em tentar ser feliz junto de outra pessoa. Que tarefa mais difícil, hein?

 

Vamos lá: se para um casal de não contadores decidir juntos onde investir, como gastar, onde gastar e se devem ou não poupar já é um tremendo desafio, imagine só para um casal que exerce sua profissão na contabilidade.

No começo, por serem novatos no ramo tanto do casamento quanto da Ciência Contábil, Selma e Lucas deram muitas “cabeçadas”, mas seus conhecimentos na teoria da Contabilidade, a legislação, além dos códigos tributários passaram a nortear não só o exercício da profissão, mas a vida do casal dentro de casa. Além de terem uma característica humanista, eles aprenderam a ter disposições à mudança. Tudo isso graças à profissão, onde eles são obrigados a conviver com alterações de regras nas legislações quase que diariamente.

Por força da Contabilidade, eles também aprenderam a ser agentes da inovação. Portanto, por serem os provedores do orçamento familiar, entraram em sintonia e passaram a estabelecer metas de conquistas e economia.

Assim como na profissão, eles alinharam as informações das despesas da casa e fizeram uma planilha do que é fundamental e o que é supérfluo. Tudo passou a ser extremamente monitorado, como é com o Sistema Público de Escrituração Digital – Sped. Nem uma conta poderia estar atrasada, caso contrário, assim como é na profissão, prazo perdido é sinônimo de multa e dor de cabeça. E um consequente desequilíbrio financeiro.

 

Resultado: com o tempo eles conseguiram fazer com que as reduções de despesas não fossem um bicho de sete cabeças. Ainda bem, porque logo o primeiro filho nasceu. E depois veio um cachorro, um gato, outro filho… E as despesas foram aumentando, aumentando, aumentando!

Sentar para conversar sobre as finanças da casa para eles é um hábito que garante a tranquilidade e a prosperidade para o lar. Tanto é que o enlace já dura 15 anos. Neste tempo, o mercado mudou e a Contabilidade também. Hoje, eles podem contar com o auxílio do Certificado Digital e muitas vezes trabalham de casa. Com o Certificado, também ficou mais fácil assinar e enviar documentos, realizar transações bancárias, enviar declarações, assinar notas fiscais. Ufa, eles nem lembram como era difícil há quinze anos, sem essa ferramenta.

Ao ser questionado por seu colega de trabalho sobre o segredo para a felicidade conjugal, Lucas respondeu:


- Ter uma família é compartilhar de tudo um pouco, inclusive as finanças. Na prática, a Contabilidade é o segredo para a felicidade de nossa família.

Fonte: Certisign

voltar
 
Hashimoto & Augusto
Copyright © 2014 E-HASA Certificação Digital . Todos os direitos reservados