Atendimento: (11) 3333-1303

20/03/2018 - O mercado globalizado e o desejável perfil do profissional de gestores educacion


 “A GLOBALIZAÇÃO EXIGE PERFIL PROFISSIONAL DIFERENCIADO PARA SUA SUSTENTABILIDADE E CONTINUIDADE, E O RETORNO A ACADEMIA É FUNDAMENTAL PARA OBTENÇÃO DE UM UP GRADE.” (Elenito Elias da Costa).

 

O mundo se transformar diariamente e estando ele globalizado as exigências de empregabilidade e a concorrência, ficam cada dia mais difícil, tudo motivadas por diversas variáveis, dentre elas, podemos citar:

1.    EDUCAÇÃO DE QUALIDADE

É comum o profissional desejar obter seu lugar no espaço do mercado laboral, quer seja, empregado, quer seja autônomo, ou mesmo empreendedor, mas devemos entender que para quaisquer das opções se faz necessário uma educação de qualidade, em que as habilidades, competências e eixo prático sejam eficientemente ministrada e consequentemente apreendidos pelo futuro profissional.

É fato que devemos entender que uma educação de qualidade depende de diversas variáveis como, um Instituto de Educação Superior (IES) com ótimo conceito, que tenha laboratórios, biblioteca, salas climatizadas, corpo discente e docente de qualidade, e com recursos necessários, e ainda com um Planejamento Estratégico, e que tenha um coordenador antenado com o mercado, professores com comprovação prática de exercício no labor que tenha afinidade com a disciplina, que seja um pesquisador, que escreva artigos e os publique, que tenha livros publicados, que tenha um projeto de desenvolvimento profissional, que tenha sido voluntário em qualquer projeto, que seja palestrante, e que tenha conhecimentos atualizados de conformidade com a exigência do mercado, ou seja, conhecimentos em idiomas, conhecimentos em tecnologia da informação, ou similares adequados.

Outro fato importante é obter uma análise do MERCADO diante dos fatores que podem oferecer RISCO a sustentabilidade e continuidade da Unidade Educacional como também dos Cursos de Nível Superior (Graduação, Tecnólogo ou Profissional), mas é fundamental que os GESTORES EDUCACIONAIS tenham uma visão holística do todo, principalmente da concorrência e da insatisfação do cliente, pois o MERCADO exige postura diferenciada e específica para a sua SUSTENTABILIDADE e CONTINUIDADE.

O PROFISSIONAL sabe que sua graduação ou mesmo a sua pós-graduação, se fazem necessárias para a sua colocação ou recolocação no mercado de trabalho, mas precisa INVESTIR em uma IES que tenha foco no MERCADO, tenha qualidade educacional, tenha professores antenados e preço suportável, pois o maior ÁGIO desse tipo de investidor é sua satisfação no exercício do seu labor.

É verdade que por motivos alhures ainda há uma pulverização de IES no mercado que se utiliza de AÇÕES e ATITUDES incompatíveis com essa exigência, e que aqueles que desejam CONTINUAR precisam se atualizar e se modernizar.

Sugiro a cada unidade educacional realizar uma ANÁLISE S. W. O. T., mais profissional e que sejam analisados os pontos fracos e pontos fortes e em seguida sejam empreendidas as melhorias necessárias, com maior rapidez e positividade aferida, pois o MERCADO é volúvel, mas reconhece a sua qualidade.

A omissão, a inércia, a inobservância, a inépcia, contribuem para a perca do mercado dantes atendido, e qualquer justificativa débil, néscia ou insana porá em grande RISCO o Patrimônio da IES.

1.    TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

É preocupante quando a IES não tem um LABORATÓRIO para facilitar o labor de professores e entendimento das disciplinas pelo cliente (educando), tais como, número suficiente de data show, aparelho de som, microfone, quadro branco ou negro com a moderna tecnologia, e demais similares.

Lembro que o INVESTIMENTO deve anteceder ao RESULTADO POSITIVO, mas deriva de um PLANEJAMENTO ESTRATÉGTICO, gerido por profissionais que tenham a capacidade e qualificação necessárias ao perfil do cargo ou função que exerce.

“Evite a contratação política de um PALHAÇO para gerir um HOSPITAL o RISCO é verossímil.”

A ROBOTIZAÇÃO, a nanotecnologia, e a inteligência artificial estão crescendo rapidamente a EAD (Educação a Distância), ou semipresencial, com recursos disponíveis está fazendo a grande diferença para atender a um mercado seleto, mesmo fora dos grandes centros, pois o cliente sabe que precisa se capacitar o mais rápido possível.

O mundo está se transformando muito rápido e o TEMPO é irreversível e lembro que a concorrência está acirrada e se estabelecendo e o mais grave encontrando o MERCADO com clientes que desejam melhor satisfação.

Pessoalmente, lamento que algumas IES e gestores educacionais não tenham a excelência de informações com TRANSPARÊNCIA e não tenham o exímio CONTROLE INTERNO, mesmo sabendo na insuficiência econômica e financeira, mas que não deve inibir as melhorias comprovadamente necessárias, pois a cada MERCADO não atendido ou mesmo com redução de faturamento comprova a sua inútil função, ou cargo equivalente.

1.    MERCADO

O Mercado, objeto e foco da IES, precisam de diferenciais de qualidade, pois as exigências para lhe satisfazer tem diversificado sua opção e isso merece um estudo mais prolixo.

É fundamental a leitura do MERCADO para que se possa oferecer o que deseja o cliente, pois a informática e mídias (empresa, telefone, televisão, internet e demais) estão muito próximas do cliente.

O ÁGIO, o Retorno do Investimento, o Resultado Positivo, o Lucro, só acontece quando o INVESTIMENTO é derivativo de um Planejamento Estratégico e exercido por profissionais que tenham perfil adequado que possa e que tenha a capacidade profissional de pleno exercício, inclusive caso necessite de flexibilidade.

“Qualquer Capital ou recurso compatível EXIGE TALENTO para seu Retorno Operacional Positivo.”

Observo que a cada ano, o cliente (educando), evolui em suas necessidades básicas exigindo maiores investimentos da IES que está vinculado, e o retorno do atendimento ou solução dos problemas precisa ser elucidado.

O TEMPO e o Recurso são fatores inseridos nessa proposta, mas lembro de que a insatisfação é mais crescente quando a AÇÃO ou ATITUDE passa despercebida pelo Gestor Educacional, fazendo crer que seu Cliente (educando) não merece satisfação e o mais grave, que o Capital do seu INVESTIDOR não merece respeito.

A cada dia o MERCADO se torna mais exigente, fazendo com que os profissionais tenham maior e melhor capacitação e qualificação para satisfazer a esse mercado, quer seja como empregado, trabalhador ou empreendedor.

“A VIDA é um eterno Investimento.”

Empresas e Investidores precisam de profissionais competentes, pois a CRISE, JUROS, INFLAÇÃO, OPORTUNIDADE, EMPREGABILIDADE, e similares, todos têm limitações, mas aquele que os atende prescinde de maior EDUCAÇÃO.

Entendo que o MERCADO fica cada dia mais exigente e para satisfazer o seu atendimento se faz necessário maior capacitação, competências, habilidades e qualificações, e o PROFISSIONAL deve entender que precisa desse mercado para sobreviver e que sua VIDA nada significa caso não tenha similar exigência.

Estou ciente que muitos investidores necessitam de profissionais que possam lhe dar o retorno de seus investimentos, pois tudo na vida é uma equação de resultado, e devemos entender que o resultado não se resume somente ao financeiro, mas também dos demais valores que o alimenta direta e indiretamente, e o torna essencial na opção de mantê-lo.

As empresas de qualquer forma ou tamanho, quer tenham fins lucrativos ou não, precisam de profissionais que possam entender o MERCADO que hoje se deslancha e que tende a permanecer com a seletividade de sua escolha assim como a opção de atender a exigência desse mercado.

Ressalto que no ambiente de Mercado Globalizado nem mesmo o Céu é o limite, e aquele que por motivos alhures assim não o entender poderá participar de dados estatístico histórico que comprova a ausência de AÇÕES e ATITUDES PROATIVAS, no entendimento do momento que já passou.

“Entendo que não é a POSSE de CAPITAL que legitima sua existência, mas sim a SUA AÇÃO RACIONAL CONSEQUENTE.”

O RISCO de jogar no lixo anos de trabalhos, da perca de Patrimônio, da redução do Capital de Giro, deve ser considerado, inclusive a pecha negativa de sua responsabilidade profissional que lhe acompanhará até seu jazigo e em alguns casos mesmo após seu encontro celestial.

Lembro ainda que o SISTEMA só valida as ações POSITIVAS, cujos resultados foram registrados no exercício do seu labor, e aqueles que se OMITEM ou negligenciem, são rapidamente esquecidos.

Peço educadamente desculpas aqueles que se sentiram ofendidos pelo referido, mas como profissional preciso alerta-los dos efeitos e consequências de sua existência, mas ratifico que não sou o dono da verdade e nem desejo sê-lo, mesmo não tenho amplo conhecimento das variáveis que o impossibilitam de AGIR, mas estou convicto que sua INAÇÃO em nada contribui para sua vida, sua formação, sua empresa, e o mercado.

“LEMBRO QUE SOMENTE UM FALECIDO NADA TEM A OFERECER, MAS SE ESTIVER VIVO DEVE ENTENDER O MERCADO, POIS ATÉ MESMO OS ZUMBIS SE MOBILIZAM.”

AUTOR: Elenito Elias da Costa, um teimoso sobrevivente profissional.

 

Autor(a): Elenito Elias da Costa

Fonte: O Autor

voltar
 
Hashimoto & Augusto
Copyright © 2014 E-HASA Certificação Digital . Todos os direitos reservados